Como buscar inspirações de leitura: acompanhe um clube do livro

Eu não leio o tanto que eu gostaria atualmente, muito menos leio o tanto que eu costumava ler na adolescência. Sempre busquei minhas inspirações através de caminhadas casuais em livrarias, bate-papo com livreiros ou simplesmente através de blogs e amigos. Eu não sei se é coisa da minha cabeça, mas chegou a um ponto em que eu comecei apenas a enxergar mais do mesmo. E fui perdendo a motivação.

Foi então que descobri alguns book clubs gringos com temáticas diferenciadas e retomei meu interesse em buscar novas leituras. Quando eu me propus a fazer o BEDA (Blog Every Day April – algumas pessoas fazem em agosto também em comemoração ao dia do blog) esse ano, resolvi me desafiar a escrever o que eu gostaria de ler. Sendo assim, quero apresentar alguns clubes que eu tenho acompanhado e me servem de base para explorar novos conteúdos e manter meu hábito de leitura vivo dentro do possível. Quem sabe não sirvam de inspiração para vocês também?

Our Shared Shelf

Fundado pela Emma Watson, as leituras propostas pela atriz buscam discutir igualdade e empoderamento. Todo mês um novo livro é escolhido e os debates são feitos sempre na última semana do mês, para todo mundo ter tempo de ler. Você pode acompanhar e participar dos debates entre os membros em um grupo criado no Goodreads pela própria Emma clicando aqui.

Belletrist

O Belletrist foi criado pela Emma Roberts e pela Karah Preiss e não só recomenda bons livros todo mês, como também recomenda uma livraria independente. Como uma boa fã de livrarias, particularmente eu achei essa proposta sensacional e passei até a seguir algumas nas redes sociais. O clube é super interativo, tá sempre produzindo conteúdo bacana e tem até uma newsletter que você pode assinar.

Hello Sunshine – #RWBOOKCLUB

O Hello Sunshine é uma plataforma que busca criar e descobrir conteúdos que celebram as mulheres e as colocam no centro da narrariva. As experiências são compartilhadas através de filmes, séries, newsletters, sites, canais digitais e também pelo clube do livro comandado pela Reese Whiterspoon.

Infinistante

Não poderia faltar um clube do livro que surgiu da blogosfera. O infinistante foi criado pela Lominha, Maki e pela Mel e todo mês voce recebe uma newsletter (clique aqui para se inscrever) com o livro do mês e um formulário para você preencher com sua opinião ou resenha.

O livro da foto é uma edição de Little Women muito maravilhosa ilustrada pela Anna Bond (dona da Rifle Paper Co.) , que eu resolvi reler. Vocês estão lendo qual livro no momento?

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  1. Primeiro: AMO LITTLE WOMEN!!!! Marcou minha infância, reli mil vezes depois e continua sendo impactante – cada hora de uma forma diferente. Josephine March, EU TE VENERO!!

    Quanto aos clubes dos livros: comecei a participar do da Emma Watson porque vi aleatoriamente no Goodreads e tem sido uma boa forma de “decidir o que ler”, porque eu sempre ficava encarando a lista gigante de livros sem saber por onde começar e acabava não lendo nada. Me cadastrei na newsletter do infinistante, mas já tinha lido os livros sugeridos até então, daí nem voltei a acompanhar direito (porém amo a santíssima trindade da blogosfera BR, Maki, Loma e MEl). Vou fuçar o clube da Emma Roberts pois QUE MULHER.

    Beijocas.

    Ps.: meu sonho de princesa voltar a ler tanto quanto eu lia na infância/adolescência, mas sou idiota e fico vendo NEtflix instead.

    1. Little women é sensacional cara, queria eu ter descoberto esse livro na adolescência. Eu fiquei uns 2 anos namorando ele na Cultura (SERIO) e quando finalmente comprei eu engoli ele em 2 sentadas pois QUE LIVRO.
      Ironicamente, eu não participo de nenhum clube à risca, mas eu to sempre acompanhando porque tem me inspirado muito. Adoro os debates do Goodreads do OSS. O Belletrist é um projeto muito legal, e a Emma é maravilhosa mesmo. Acho que cê vai curtir.

      PS: meu sonho também mas eu fui 100% comprada pelo Netflix, caminho sem volta.